Nosso Blog

Muitas novidades estão acontecendo na Ignilife, eis aqui as mais recentes.

Ansiedade no trabalho, como lidar com esse mal?

18 set 2019

Ansiedade no trabalho, como lidar com esse mal?

Ficar preocupado em algumas situações é algo normal e até comum. No entanto, esse estado de alerta nos deixa inquietos, agitados e um tanto sensíveis às situações externas. Na empresa, com tantas coisas acontecendo simultaneamente, entrar em um estado de ansiedade no trabalho é mais frequente do que deveria.

O grande problema é que isso impacta a qualidade de vida dos trabalhadores e pode acabar afetando a sua produtividade. Por outro lado, a boa notícia é que é possível controlar esse mal e dar um basta nas consequências negativas causadas por ele.

Se você quer saber como, continue conosco e vamos, juntos, descobrir mais sobre a ansiedade no trabalho e como lidar com ela sempre que uma situação estressante acontecer. Boa leitura!

Os malefícios da ansiedade para a saúde e para o ambiente de trabalho

Sabemos que um ambiente de trabalho nocivo pode gerar muitos problemas na saúde e no bem-estar dos colaboradores. Com isso, cada oscilação de humor influencia as outras pessoas. Um líder irritado, por exemplo, pode gerar tensão e estresse nos liderados.

A ansiedade é bastante prejudicial para o desempenho do grupo, afetando sua motivação e sua produtividade. Isso inibe a inteligência emocional, tornando as pessoas extremamente reativas. Consequentemente, as entregas ficam mais suscetíveis ao erro, as relações interpessoais podem ser afetadas e a saúde do colaborador também.

Esse transtorno faz com que a pessoa se preocupe de forma intensa até mesmo com as atividades mais simples do dia a dia do trabalho. Apesar de parecer inofensivo, ele pode gerar sintomas físicos e levar a problemas mais graves, como alergias, hipertensão, úlceras e até ao esgotamento mental e à depressão.

As causam que levam à ansiedade no trabalho

O excesso de estresse e ansiedade pode surgir de diversos fatores. Confira alguns deles a seguir.

Preocupação

A preocupação excessiva com o que está por vir ou mesmo com o que poderia ter sido feito de forma diferente, além de inútil, é extremamente prejudicial. Essa tentativa de se antecipar às coisas coloca o colaborador em um estado de extrema ansiedade. Há uma frase que diz que se você pode resolver algo, não tem porquê se preocupar; mas, se você não pode, não adianta se preocupar.

Perfeccionismo

O perfeccionismo é a obsessão por desempenhar uma tarefa sem erros. Porém, algo sempre tende a fugir do planejamento. De acordo com o psicólogo clínico Jeff Szymanski, da Harvard Medical School, o grande problema é que o perfeccionismo gera uma ansiedade tão grande que paralisa a pessoa e ela acaba não finalizando suas tarefas por medo de cometer uma falha.

Agitação

A euforia ou agitação sobre determinado acontecimento é outro aspecto que aumenta a ansiedade. Sempre que um profissional fica agitado para receber determinado cliente ou para fechar certo negócio, ele está caminhando em direção a um estado de ansiedade. Por isso, é importante manter a calma e se preparar para o momento, sem tentar antecipá-lo.

As boas práticas para lidar com a ansiedade no trabalho

Para lidar com esse mal, existem algumas práticas bastante eficazes. Veja!

Exercícios físicos

A prática de exercícios físicos ajuda a manter a atenção e o foco em uma atividade específica, além de canalizar energia e contribuir para uma saúde melhor, em aspectos gerais. Por isso, se inscrever naquela academia ou sair para correr no início do dia são boas opções para quem sofre de ansiedade.

Conhecimento sobre o tema

Conhecer a ansiedade e seus sintomas, assim como entender o que a desencadeia, é um passo fundamental para superar o problema. Muitas vezes, a falta de informações sobre determinado transtorno pode levar à negligência no seu tratamento e até ao seu agravamento.

Meditação

De acordo com estudos publicados na Jama Internal Medicine, a meditação pode ajudar a aliviar estresses psicológicos, tais como a depressão, a dor e a ansiedade. Por isso, tirar alguns minutos por dia para escutar a própria respiração pode ser muito benéfico.

Se você gostou deste artigo e quer continuar aprofundando seus conhecimentos sobre ansiedade no trabalho e como superá-la, não deixe de conferir nosso post sobre os 5 benefícios da meditação no trabalho que você precisa conhecer!