Nosso Blog

Muitas novidades estão acontecendo na Ignilife, eis aqui as mais recentes.

Incubadora de startup: por que é importante fazer parte de uma?

2 maio 2019

Incubadora de startup: por que é importante fazer parte de uma?

Todo empreendimento de sucesso precisa de uma base sólida de desenvolvimento. Fazer parte de uma incubadora de startup contribui muito para estabelecer sua empresa no mercado.

Considerada uma das maiores do mundo no setor de saúde, a Ignilife acaba de se integrar a uma importante incubadora brasileira. A empresa está agora no Cubo Itaú, uma iniciativa que já conta com mais de 200 companhias.

E é sobre a importância de se aliar a esse tipo de inovação que vamos falar hoje, confira!

Por que fazer parte de uma incubadora de startup

Uma pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral indicou que apenas 75% das startups sobrevivem ao seu primeiro ano de existência. As que são bem-sucedidas costumam ter algo em comum, algum tipo de ajuda especializada como a de incubadoras. Essas organizações dão suporte para a empresa de diferentes maneiras, diminuindo em até 3 vezes a chance de o negócio não alcançar seu melhor potencial.

Na prática, isso significa ter um aliado de peso na estruturação da empresa. Essa ajuda especializada permite estar preparado para o mercado de trabalho e seus desafios. Além disso, aumenta a interação e contato com outras empresas, abrindo caminhos e gerando oportunidades.

O que esperar de uma incubadora

Uma organização como a Cubo Itaú conta com um espaço pensado e desenvolvido para empreendedores. É como um laboratório onde é possível testar e conhecer novas ferramentas de trabalho. O objetivo está no sucesso da startup e de seu produto inovador, qualquer que seja ele. Para isso, conta com funções variadas, adequadas de acordo com o tipo de negócio. Cabe a uma incubadora:

  • compreender o melhor tipo de modelo de negócio;
  • treinar equipe e sócios;
  • manter um ambiente flexível que apresente facilidades para a empresa;
  • ajudar na criação de um plano de negócios viável;
  • apresentar conceitos de contabilidade;
  • facilitar a busca por investidores adequados.

Outro ponto essencial oferecido por esse tipo de iniciativa está no desenvolvimento de um projeto de marketing para a empresa. Ter uma boa estratégia desde o começo permite estabelecer metas e antever necessidades dos consumidores, assim como de outras questões que podem surgir pelo caminho. Esse preparo significa estar sempre à frente de qualquer situação.

Quem pode fazer parte de uma incubadora de startups

Em grande parte das parcerias com startup, o que mais conta é o grau de inovação da empresa. Uma incubadora costuma buscar empreendimentos com qualidade e que tenham potencial de sucesso. “Queremos mais diversidade e experiência para promover uma troca de alto nível no ecossistema”, explica Lineu Andrade, diretor do Itaú Unibanco, ao falar sobre como funciona o Cubo Itaú, uma das maiores incubadoras do Brasil.

Se você tem uma empresa em ascensão ou uma ideia de negócio, procurar uma organização como essa pode ser o primeiro passo para o sucesso. Uma incubadora de startup permite que você conquiste seus objetivos com mais consistência, gerando ainda mais valor para sua marca.

E então, nosso artigo inspirou você? Surgiram algumas dúvidas? Entre em contato conosco! Teremos prazer em atendê-lo!