Our Blog

Things are moving at Ignilife, here are our latest news

Como sua empresa pode reduzir a sinistralidade no plano de saúde?

10 Sep 2019

Como sua empresa pode reduzir a sinistralidade no plano de saúde?

A oferta de um plano de saúde é um importante benefício oferecido pelas empresas. Infelizmente, porém, a alta taxa de sinistralidade tem feito com que algumas companhias deixem de fornecer esse auxílio. Você sabe exatamente o que isso significa?

O que acontece é que cada vez que um colaborador recorre a um serviço do plano, há o registro de um sinistro. Seja uma consulta, um exame de rotina ou uma cirurgia, tudo tem um custo calculado pela operadora. A relação entre esse gasto e o valor pago para o plano representa o que é a sinistralidade. Se esse cálculo for díspar, o resultado pode vir em forma de reajuste!

Para evitar que isso aconteça, é importante reduzir a ocorrência de sinistros. Entenda como fazer isso a seguir!

Invista em campanhas educativas

Nem sempre o colaborador tem o entendimento correto de como cuidar de sua saúde com o objetivo de evitar adoecimentos. Uma empresa precisa ser uma promotora de bem-estar, educando e estimulando comportamentos mais saudáveis. E não precisa ser nada muito complicado.

Uma campanha sobre a importância de lavar as mãos corretamente, por exemplo, já reduz em 60% a transmissão de doenças como gripes e hepatite B. Outras iniciativas visando mais atividade física e alimentação equilibrada também geram resultados importantes.

Estimule check-ups, exames preventivos e vacinação

O ditado sobre ser mais fácil prevenir do que remediar tem sua razão de ser. Exames preventivos tendem a ser menos caros para os planos de saúde. Além disso, por meio de um resultado precoce em check-ups, é possível evitar a necessidade de tratamentos a longo prazo.

Outra questão válida é apostar em campanhas de vacinação na empresa. A imunização evita a ocorrência de doenças de alto contágio. Em geral, realizar a prevenção dois meses antes do inverno costuma reduzir muito o número de pessoas gripadas ou com outras enfermidades relacionadas.

Crie uma cultura de autocuidado

Usar uma plataforma de gestão de saúde internamente é uma alternativa interessante para que os funcionários aprendam a se cuidar. Isso inclui não apenas pensar na saúde em si, mas em todos os hábitos diários.

Estimular a atividade física ou a alimentação saudável também afeta indiretamente os números da sinistralidade. Um colaborador que segue uma dieta adequada e faz exercícios tende a ter mais saúde física e também mental. Sem contar que a procura por médicos além da cota contratada é muito menor.

Oriente sobre o uso do plano de saúde

Esse é um passo essencial. Nem sempre a equipe está devidamente informada a respeito das condições de uso do plano de saúde. É importante passar orientações gerais sobre número de consultas disponíveis, por exemplo. Será uma forma de evitar sinistros causados por questões sem necessidade.

Cabe à gestão do RH explicar ainda que o uso descuidado pode aumentar custos e comprometer a permanência do serviço a longo prazo. Palestras e até mesmo folders são formas simples de aumentar a consciência sobre o benefício.

Controlar os índices de sinistralidade do plano de saúde passa, principalmente, pelo conhecimento do colaborador. Dessa forma, vale investir em ações educativas que ensinem sobre seu funcionamento e incentivem atitudes de autocuidado. Os níveis são muito mais equilibrados quando a utilização da operadora é mais consciente.

Agora que você já sabe mais sobre como lidar com as ocorrências de sinistro na empresa, aproveite para ler sobre a importância da saúde mental no ambiente de trabalho! É mais uma chance de ter uma equipe saudável e produtiva!

Leave a Reply
Your email address will not be published.